fbpx

Como abrir uma Corretora de Seguros

Gelson Santos - AGS Contabilidade
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Sabendo que o mercado está em constante crescimento, muitos empresários estão se interessando em abrir corretoras de seguros como negócio.

E parte desse processo é entender os detalhes de como abrir uma corretora de seguros para começar da melhor forma possível, contando com estratégias e diferenciais para um crescimento sustentável e exponencial para a sua corretora de seguros.

Quem deseja abrir uma corretora de seguros deve entender que praticar as ações corretas evita os prejuízos.

Além disso, é importante saber como atender a uma parcela do mercado que esteja de acordo com a sua região e especialidade.

Preparamos um conteúdo bem denso para quem deseja abrir uma corretora de seguros.

abrir corretora de seguros

Dicas para abrir uma corretora de seguros

Assim como qualquer empresa, abrir uma corretora de seguros exige estudo de mercado e definição de estratégias. Porém, existem alguns pontos específicos do mercado de seguros aos quais os empreendedores devem atentar. Veja quais são!

Plano de negócios de uma Corretora de Seguros

plano de negócios é um dos recursos mais determinantes para sua corretora, devendo ser feito na fase ainda de pesquisa e de preparação.

Ele deve contemplar a situação de investimento na corretora e sua relação com ações do mercado.

O planejamento deve ser elaborado de modo objetivo e realista, com a finalidade de verificar qual o melhor aporte financeiro para a corretora.

Duas análises bastante eficientes que corretores de seguros costumam realizar antes de iniciar um negócio são a análise SWOT e a definição do modelo de negócios na matriz Canvas.

Planejamento estratégico

planejamento estratégico tem o objetivo de aliar a avaliação dos serviços, os conhecimentos específicos do mercado e a ação da corretora de seguros.

Ele deve ser feito analisando também os desafios que podem parecer, conciliando, assim, as ações da coretora de seguros com as necessidades que estão envolvidas nas demandas dos clientes.

Alguns fatores importantes que você precisa definir para abrir uma corretora de seguros são:

  • os ramos de seguros que você vai comercializar;
  • as seguradoras com as quais você vai se relacionar;
  • o mercado (grupo de clientes) que você pretende atingir;
  • qual será sua forma de atuação (quais são os seus diferenciais em relação aos concorrentes).

Uma boa fonte de informação para definir esses fatores é o Estudo Socieconômico das Empresas Corretoras de Seguros (ESECS-PJ), realizado pela FENACOR.

Escolha o Local

localização da corretora de seguros é de extrema importância.

Esse fator ganha ainda mais relevância se você optar por abrir uma corretora de seguros e receber os clientes em vez de trabalhar da sua casa e visitar os clientes.

Nesse primeiro caso, além de fácil acesso e uma boa localização, é importante que a corretora de seguros tenha toda a estrutura necessária, com serviços de água, luz, esgoto, internet e instalações atualizadas e de fácil manutenção.

O local da corretora de seguros deve ser conveniente para o uso comercial, de preferência com acesso à garagem, cartórios, bancos e demais serviços importantes.​

Sobre a Legalização da Corretora

A corretora de seguros pode ser pessoa física ou jurídica. Em ambos os casos, o corretor deve ser habilitado legalmente para poder vender seguros.

A habilitação deve ser feita pela Escola Nacional de Seguros (ENS/FUNENSEG), que emite o Certificado de Habilitação Técnico Profissional, comprovando que a pessoa tem o curso completo e estabelecendo a aprovação.

Os certificados de habilitação permitem obter o registro profissional emitido pela Superintendência de Seguros Privados – A Susep

Depois de habilitado, o corretor deve estar regularmente cadastrado na SUSEP, e deve apresentar os seguintes documentos:

 Documentos exigidos para a inscrição dos corretores, pessoas jurídicas:

  • Formulário;
  • Cópia do ato constitutivo, contrato ou estatuto social, devidamente arquivado no registro competente;
  • Carteira de identidade, válida em todo o território nacional; Comprovante de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas – CPF; Comprovante de quitação com a justiça eleitoral; Comprovante de quitação com o serviço militar, quando se tratar de brasileiro com idade entre dezoito e 45 anos, dos Sócios/Diretores/Administradores da Sociedade;
  • Declaração de não impedimento legal, de todos os Sócios/Diretores/Administradores;
  • Comprovante de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ;

Uma forma mais fácil e segura de garantir que a corretora esteja em conformidade com essas exigências é contando com os serviços de um contador.

Além dos requisitos citados, esse profissional pode ajudar a realizar o registro em outros órgãos necessários, como:

  • Secretaria da Receita Federal (CNPJ);
  • Prefeitura do Município para obter o alvará de funcionamento;
  • Enquadramento na Entidade Sindical Patronal;
  • Cadastramento junto à Caixa Econômica Federal no sistema “Conectividade Social – INSS/FGTS”.

Informações Fiscais e Tributárias de uma Corretora de Seguros

De acordo com a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE/IBGE), as corretoras de seguros estão classificadas pelo código 6622-3/00, que engloba corretores e agentes de seguros, de planos de previdência complementar e de saúde.

Assim, essas empresas podem optar pelo regime de tributação Simples Nacional (Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições), caso atuem com os seguintes modelos (desde que atendam os requisitos previstos na lei):

  • ME (Microempresa) — desde que a receita bruta anual não ultrapasse R$ 360.000,00;
  • EPP (Empresa de Pequeno Porte) — desde que a receita bruta anual não ultrapasse R$ 4.800.00,00

Para esses registros, recomenda-se também a contratação de um contador.

Como economizar com impostos

As empresas que atuam como corretoras podem se enquadrar no Simples Nacional, obtendo assim a isenção da Contribuição Sindical. No entanto, é importante que essa isenção seja comunicada aos funcionários, a fim de evitar problemas legais e até mesmo desgaste no relacionamento com os corretores.

Dentro desse regime, as alíquotas podem variar entre 6% e 33%, mas é importante lembrar dos limites que citamos acima. A partir dos 120 mil reais em renda, a melhor opção pode ser o Lucro Presumido.

A escolha do melhor regime de tributação deve ser conversado com um contador e incluído no planejamento estratégico e no plano de negócios, já que afeta diretamente o desenvolvimento e os impostos pagos pela corretora.

Boa estrutura física

O espaço físico para abrigar a corretora deve ter tamanho suficiente para receber funcionários, equipamentos e atender aos clientes com conforto e segurança. Se possível, escolha um local que possa ser expandido, para absorver o crescimento do negócio.

Esse ambiente deve ser dividido entre o setor comercial, escritório, sanitários masculino e feminino e sala de reunião. Além disso, deve contar com instalações como prateleiras, mesas, cadeiras, arquivos, telefones, computadores, poltronas na sala de espera etc.

Capacitação da equipe

Os corretores lidarão diretamente com os clientes. Para que o seu negócio consiga oferecer um atendimento de qualidade, os funcionários precisam estar preparados para fornecer as informações corretas e ao mesmo tempo, entender a necessidade e resolver os problemas dos clientes.

Comunicação de qualidade é uma habilidade que pode ser desenvolvida, e investir nessa capacitação traz um excelente retorno para a corretora. Além disso, é importante que os funcionários tenham as seguintes habilitações:

  • Habilitação para Corretor de Capitalização e Seguros de Vida e Previdência;
  • Habilitação para Corretor de Capitalização;
  • Habilitação em diferentes ramos, para que consiga trabalhar todos os tipos de seguro.
Divulgação do negócio

A divulgação é essencial para o sucesso de qualquer ramo de negócio, e também para a corretora de seguros. É importante mostrar os diferenciais da sua corretora e como ela pode atender às demandas dos clientes com qualidade.

Para isso, é possível investir na divulgação em redes sociais, e-mail, mala direta e até mesmo jornais e revistas.

Também vale a pena investir em ramos pouco explorados de seguros e que ainda têm baixa concorrência. Não se esqueça de fazer uma boa pesquisa para apostar no negócio com uma noção clara do tempo necessário para retorno de investimento e das ações que podem ser aplicadas para impulsionar sua corretora.

Adoção de ferramentas tecnológicas e integradas

adoção de ferramentas tecnológicas e integradas ajuda na gestão da corretora, registrando os dados dos clientes e todos os contratos. Com essa ferramenta, é possível acompanhar a produtividade, além de otimizar as cotações e demais processos internos.

O uso de uma solução digitaltambém permite a obtenção de dashboards para análise da lucratividade, mantendo os dados em segurança.

Software para corretoras de seguros

As tecnologias para corretoras de seguros tornam os processos muito mais facilitados, trazendo agilidade, prática e mobilidade. Os softwares de gestão e multicálculo para corretoras de seguros cumprem as funções de modo completo, trazendo integração e alavancando o potencial da equipe.

Por mais que a sua corretora comece com apenas 1 ou 2 funcionários e ainda não tenha uma produção significativa, contar com as ferramentas certas desde o começo vai otimizar suas tarefas e evitar custos e problemas.

Com isso, você diminuirá o seu trabalho manual e operacional e poderá focar em atividades mais analíticas e estratégicas.

Agora que você já sabe como abrir uma corretora de seguros, veja dicas de como vender mais e com mais qualidade. Vale a pena se preparar financeiramente e começar a separar todos os documentos necessários para formalizar a atividade, caso você atue como pessoa física autônoma, ou para montar uma corretora mais estruturada e capaz de contratar profissionais.

Sobre a AGS Contabilidade Integrada

AGS Contabilidade Integrada, conta com uma equipe de especialistas com mais de 27 anos de experiência e vivência práticano mercado.

Estamos prontos para assessorar o empreededor em toda jornada, com tecnologia, capacitação técnica e de forma consultiva vamos juntos com o empreendedor rumo ao sucesso da sua empresa de adestramento de cachorros, assista o video abaixo e conheça nossa história:

Leia mais conteúdos relacionados