fbpx

Imposto de Importação [Simulador]

Gelson Santos - AGS Contabilidade
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Olá pessoal, como vocês estão hoje?

Hoje veremos como utilizar de forma pratica e rápida pela internet através do site da Receita Federal, o Simulador da Receita Federal, para que você tenha uma noção de cada imposto de importação terá em cada operação, acompanhe!

Imposto de Importação [Simulador]

Uma ferramenta disponibilizada gratuitamente pela Receita Federal, e que qualquer um pode usar para fazer a simulação do tratamento do imposto de importação.

Ou seja, quais os procedimentos que uma determinada mercadoria sendo importada ou exportada deve seguir, diante dos reguladores e também conseguir fazer uma simulação dos tributos incidentes daquela operação.

Bom pessoal, para encontrarmos o link correto, basta digitar: “simulador tratamento tributário receita federal” lá na busca do Google e vai aparecer logo no primeiro link, o site que você deve entrar.

Imposto de Importação [Simulador] 1

Neste site, você já vai poder informar diretamente o código de NCM de sua mercadoria, que é a nomenclatura que definirá quais são os impostos de importação a serem pagos e qual é o tratamento administrativo desta mercadoria.

Se você não sabe exatamente qual é o código correto, você pode clicar em “pesquisar código NCM” e vai aparecer os títulos que você pode ir clicando e selecionando sua NCM.

Então vamos supor que vamos importar animais vivo, vamos supor também que sejam galos galinhas, patos, gansos, ou qualquer uma dessas aves que seja de peso não superior a 185 gramas, e também que seja galo ou galinha.

Nessa hora já vão aparecer as duas opções que podemos selecionar, e depois simplesmente clicamos em uma delas por exemplo.

Podem fechar essa tela que esse código NCM já será transferido para o campo devido.

O valor da alfândega vamos supor que é uma importação no valor de 50 mil dólares, e você pode selecionar qual é moeda está sendo usada em sua importação.

Geralmente é o dólar dos EUA, então selecione a moeda que está sendo utilizada, e então você tem que colocar esses caracteres para provar que você não é um robô. Digite o carptcha e clique em “Consultar”.

Em seguida, vai aparecer na tela, todos os impostos de importação incidentes, no canto superior esquerdo já tem todos os impostos cobrados sobre este tipo de importação para o NCM.

  • Então teria:
  • Imposto de Importação (II)
  • IPI
  • PIS
  • Cofins

Como usar o simulador de imposto de importação?

Também aparecerão as porcentagens de todos os impostos ou seja, se você informa, no valor aduaneiro 50 mil dólares, ele já calcula para você todos esses impostos de importação sobre os 50 mil dólares que nos informamos no primeiro passo.

Você já tem aqui uma prévia de quanto vai custar sua importação, considerando apenas os impostos de importação.

Não esqueçam quem tem outros custos em uma importação além da carga tributária, tem custo com frete, do porto se a mercadoria vier por vias navais, aeroporto, ou seja, tem vários outros custos que devem ser colocados para chegar ao custo final desta mercadoria.

Mas aqui já podemos ter uma noção básica do que é o imposto de importação cobrado sobre esta importação.

Do lado direito da tela, tem o “tratamento administrativo” ou seja, como você deve proceder diante dos órgãos reguladores para realizar esta importação.

Naquela NCM que nós informamos la no primeiro passo que seria para os galos e galinhas, nós teríamos que ter uma liberação do Ministério da Pecuária.

Ou seja, teríamos que ter uma liberação do MAPA para conseguir realizar esta importação, sem essa liberação, esta mercadoria não poderá entrar no país.

Não poderá realizar o despacho dessa mercadoria para nacionalizar e também tem uma observação que esta mercadoria é impedida de ser importada.

Se o material usado, no caso animais, não tem condução de material usado, mas se fosse por exemplo uma máquina, um carro, qualquer outro tipo de mercadoria que poderia ser usado preste atenção nas observações, que alguns são impedidos de ser importadas, caso já estejam usadas.

imposto de importação

Basicamente é isso pessoal, nosso artigo bem rápido dessa ferramenta que a Receita Federal disponibiliza.

É claro o importante ter sempre um despachante, um analista, ou um profissional treinado na área, que saiba muito sobre importação, para que você faça seu processo com segurança.

Esta ferramenta que a Receita disponibiliza é para termos uma noção de como essa operação será, ou seja, quais tributos vai incidir, como que devemos proceder diante da Receita Federal, diante de outros órgãos de consentimento.

Sem ter uma noção de como é este processo, é sempre bom fazer isso para saber como temos que agir, antes que as mercadorias realmente cheguem ao país.

E quais serão os custos gerados nessa operação, para que possamos saber se a nossa empresa está preparada financeiramente para os custos tributários por exemplo.

Como você viu, pode ser usado qualquer pessoa, não precisa ser um importador, precisa abrir um radar, não precisa de autorização da receita federal.

Basta você digitar no Google e usar essa ferramenta que está disponível para qualquer um. Compartilhem esse conteúdo com seus amigos ou pessoas que você sabe que precisam dessas questões que enfrentamos em nosso dia-dia.

Qualquer dúvida, solicite ajuda dos nossos contadores especialistas.

Leia mais conteúdos relacionados